Inicial         |         Institucional         |         Equipe         |         Agendamento       |         Fale Conosco         |         Notícias


Campinas,  de 2018

 

CIS-Guanabara abriga nova

edição do Mercado Mundo Mix

 

Evento reúne expositores de moda e arte e promove concurso inédito de drag queens. Entrada franca

  

Maior evento de economia criativa do país, o Mercado Mundo Mix volta a reunir em Campinas expositores de diversas áreas artísticas da região metropolitana e inova trazendo à cena cultural o debate sobre gênero com o 1º Mundo Mix Drag Race, inédito concurso de drag queens inspirado em movimentos dos anos 90. Assim, a feira reafirma sua preocupação social, bem como exalta princípios fundamentais de educação, arte, sustentabilidade e empreendedorismo arrojado. O evento ocorre entre os dias 04 e 05 de agosto, das 12h às 20h, no CIS-Guanabara. Entrada franca.

A antiga estação de trem receberá 75 expositores criativos ligados à moda, design, tatuagem e artesanato, além de food trucks, 17 veículos estacionados na área externa com opções variadas de comidas e cervejas artesanais que prometem contemplar o grande público esperado. Roupas, saboaria, antiguidades, acessórios, moda pet e bolsas estão entre os artigos presentes nas bancas. Na tradicional Rádio Mundo Mix, o DJ Will Robson continua no comando das pick up, apresentando o melhor da musica mundial no CIS-Guanabara.

 

O Mundo Mix mantêm nesta edição a parceria com Associação dos Artesãos de Campinas, responsável pela seleção e curadoria dos expositores para levar à feira os melhores profissionais de Campinas e região. “A área de artesanato do Mundo Mix contempla artesãos e pequenos produtores de Campinas e cidades da região de modo a oferecer para o público exigente da feira qualidade e novidade a um preço acessível. Tem muita coisa bonita e interessante”, diz a diretora da associação, Rita Diogo, lembrando que o artesanato é um dos principais pilares da economia criativa, em que é valorizada a criação autoral, com materiais inusitados.

Durante os dois dias de MMM ocorrerão as disputas do Drag Race, cujo objetivo é valorizar e promover a visibilidade da arte transformista junto à comunidade, contribuindo desta forma para o combate ao preconceito e discriminação de gênero e orientação sexual. “Nos anos 90, quando introduzimos shows de drag no Mundo Mix a questão era mais artística, de afirmação de classe. Hoje, além disso, estamos no momento de discutir gênero”, diz o idealizador do Mercado Mundo Mix, Beto Lago.

Todos os artistas performáticos, drag queens, trans de comunidade LGBT da região metropolitana estão convidados a se inscreverem até quinta-feira na página do evento no Facebook (https://www.facebook.com/events/386271198551133/); basta seguir as normas do regulamento e aguardar o retorno da banca julgadora.

Há 24 anos, o Mundo Mix fortalece a economia criativa no Brasil. Estilistas renomados como Alexandre Herchovicth, Walerio Araujo, João Pimenta, Samuel Cirnansck e Marcelo Sommer, e grandes marcas como Cavalera e Chilli Beans deram os primeiros passos no MMM. O evento foi criado em 1994 em São Paulo, passou pelo Rio de Janeiro e logo desembarcou em Campinas, onde construiu trajetória exponente que o levou à Europa.

A temporada no Antigo Continente deu-se de 2001 a 2013, quando retornou a Campinas. Desde então, foram realizadas cerca de 30 edições, inicialmente na Estação Cultura, em Campinas, e pela segunda vez consecutiva desembarca no CIS-Guanabara, consolidando uma parceria exclusiva com a Unicamp. Desde a mais recente edição, em abril, o Mercado Mundo Mix está instalado no CIS-Guanabara, firmando uma parceria exclusiva com a Unicamp. O local é a antiga estação de trem da Mogiana que foi restaurada em diferentes etapas, tombada pelo Condepacc em 2004 e pelo Condephaat em 2018.  

O CIS-Guanabara é um órgão da Unicamp, criado e vinculado pela Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (PROEC). Está instalado na antiga Estação Guanabara, símbolo arquitetônico da cidade pertencente a então Cia. Mogiana, fundamental para o desenvolvimento econômico da cidade e país nos séculos XIX e XX. O CIS-Guanabara desenvolve suas atividades fundamentado numa visão ampla sobre cultura, acolhendo e promovendo ações que atendem aos ensejos do homem contemporâneo nos campos da arte, entretenimento, educação, comportamento, sustentabilidade, dentre outros. “A denominação Centro Cultural de Inclusão e Integração Social consolida o compromisso e fomento aos diálogos e trocas de saberes universidade-sociedade, por meio de ofertas públicas de bens culturais, essenciais à promoção da causa da emancipação humana”, afirma o sociólogo e diretor do CIS, Marcelo Rocco. O CIS-Guanabara fica à rua Mário Siqueira, 829, Botafogo, em Campinas (estacionamento gratuito no local).

 

Melhor visualizado com resolução 1280X1024

© 2018 - Cis Guanabara / Preac / Unicamp